Jardim de inverno

Ele tem esse nome pois não precisamos sair de casa para vê-lo, não é ótimo? Um jardim que pode ser contemplado dentro de casa, uma maior integração com a natureza, você pode ter, sim.

Um jardim de inverno além de funcionar como um recurso de decoração do espaço, também traz luminosidade e em alguns casos ventilação, são instalados em áreas centrais, varandas, átrios, corredores e até em banheiros.  Qualquer cômodo de uma residência ou escritório pode se tornar um jardim de inverno, sendo necessário que tenha o mínimo de iluminação natural.

 Antes de mais nada, faça o planejamento do revestimento e observe a iluminação do local, se for embaixo de escada, por exemplo, as plantas necessitam de um cuidado em relação ao crescimento.

Para que o jardim de inverno funcione é necessário estar atento à escolha das plantas. Visto que os jardins são, geralmente, em ambientes fechados e com menor incidência de luz é preciso investir em folhagens e flores que tenham essa resistência. Veja alguns exemplos:

jardim-de-inverno

As plantas podem ser dispostas em vasos ou diretamente no solo, depende do cômodo que o jardim ficará e dos materiais utilizados. Os mais comuns são as cascas de árvore, pedriscos e pedras que podem ser dispostos no chão aproveitando o espaço e criando efeitos e caminhos por entre as plantas, pisos de madeira, painéis com suportes, vasos de concreto, cerâmico ou fibra, o mix de materiais gera um efeito muito bonito contrastado com o verde.

A manutenção é semelhante ao jardim externo, a rega é indispensável (no caso dos vasos fique atento ao escoamento da água), remova as folhas mortas, utilize fungicidas e adube apropriadamente cada espécie de planta.

Depois das dicas, deu vontade de ter um né?  Confira a galeria:

Comente!